Banner
Banner
Banner
Banner
Regras do Taekwondo

A definição da Arte Marcial

O Taekwondo caracteriza-se como forma de defesa pessoal de combate livre, que utiliza as mãos e os pés para repelir o adversário, em muitos casos sem a necessidade de agressão física, ou seja, sem danos físicos ao oponente.

Esta arte marcial compõe-se em várias partes: Kibon Dong Jak (movimentos básicos), Poom-se (formas), Kyorugui (luta ou combate), Kyukpa (destruição ou quebramentos) e Ho Sin Sul (defesas e torções). Abaixo veremos as três principais formas do taekwondo de maneira mais detalhada.

 

Poom-se (forma)

São movimentos pré-determinados realizados sob circunstâncias de luta ou combate com um inimigo imaginário, obtendo-se, dessa maneira, um melhor aperfeiçoamento das técnicas básicas, condicionamento físico e mental, e uma evolução em todos os componentes de seu organismo, muscular, ósseo e respiratório. Um Poom-se executado conforme as normas da WTF, consiste em cerca de 19 a 48 posições interrelacionadas.

 

 

Kyorugui (luta)

O Taekwondo possui dois estilos de luta. Um é livre, no qual pode usar livremente as técnicas adquiridas, em ataque ou defesa. O outro é a luta pré-combinada (competição), na qual segue uma sequência pré-estabelecida para a prática ou demonstração.

 

 

Kyukpa (quebramento)

Kyukpa é a forma de testar certos poderes de quebra em objetos como tábuas, telhas, e tijolos.

 

 

 

O tatame

O tatame (Do-jang) oficial das competições de Taekwondo é um retângulo plano, de superfície dura, que deve medir 28 metros de comprimento por 15 metros de largura.

 

 

 

As regras básicas das competições

Nas competições, os atletas de Taekwondo devem golpear seus adversários com os pés e mãos para marcar pontos ou nocauteá-los. Os chutes podem atingir qualquer parte do corpo acima da cintura e que esteja coberto por protetores. Os socos, por sua vez, só podem acertar o peito do adversário.

Cada combate tem três assaltos, sendo que, cada um com duração de dois minutos e intervalos de 1 minuto entre eles. Os lutadores são divididos em categorias conforme o seu peso.

Existem três maneiras possíveis de vencer uma luta:

 

Nocaute

É idêntico ao boxe. Após um lutador sofrer uma queda pelo seu adversário e cair no chão, é iniciada a contagem de 10 segundos para ver se ele terá ou não condições de continuar lutando. Se o lutador não mostrar reação após esta contagem, o seu oponente é declarado vencedor por nocaute.

 

 

Pontos

Cada golpe bem executado no oponente vale ponto. Golpe de punho ou chute no tórax (1 ponto), chute na cabeça (2 pontos) e chute na cabeça, saltando (3 pontos). Ao final da luta, se não houver nocaute, vence aquele que tiver mais pontos. Uma luta também pode acabar antes do tempo caso um dos lutadores atinja uma diferença de sete pontos do seu adversário ou então alcançar primeiro 12 pontos. No caso de empate, há também a possibilidade de haver um round extra, chamado de morte súbita, no qual, o atleta que marcar o primeiro ponto será o vencedor.

 

 

Desclassificação

Um lutador pode perder pontos ou até mesmo ser desclassificado em uma luta de Taekwondo por agarrar ou empurrar o seu oponente, desferir socos no rosto, atingir abaixo da linha de cintura ou ser indisciplinado. Caso do ex-lutador cubano, Angel Matos (foto acima), campeão olímpico, que desferiu um chute no árbitro após ficar inconformado com um resultado adverso. Esta atitude baniu o atleta do Taekwondo.

 

 

 

Os juízes e suas funções

Como mostra a imagem acima, veremos a seguir, quais as funções dos juízes e árbitros do taekwondo nas competições oficiais.

 

Árbitro

Fica posicionado no centro do tatame. Sua função é mediar a luta e aplicar as punições quando alguma infração ocorrer.

 

 

Cronometrista

Fora do tatame, geralmente são dois os cronometristas que ficam em uma mesa, sendo que, um deles é o responsável por controlar o tempo dos assaltos e o outro é o oficial de placar, que tem como função registrar as decisões tomadas pelos juízes.

 

 

Juízes

São três os juízes responsáveis por anotarem os pontos conquistados pelos golpes aplicados pelos atletas. Eles ficam posicionados nas laterais do tatame formando um triângulo. A ilustração acima é de um jogo de taekwondo.

 

 

 

Os equipamentos

Por ser um combate, o Taekwondo requer equipamentos de proteção, como mostra a ilustração acima, que são: Dobok (quimono), protetor de tórax (hogu), protetor de órgãos genitais (masculino e feminino), protetor de antebraço, protetor bucal, caneleira, capacete e luvas.

 

 

 

As graduações do Taekwondo

Conforme a imagem acima, o Taekwondo possui um sistema de graduação com suas respectivas cores que vai da branca até a preta, sendo esta, a que simboliza o grau mais elevado. Ao chegar à faixa preta, o lutador chega aos “Dans”, cujos sinais exteriores limitam-se a presença não obrigatória de pequenos traços perpendiculares na faixa preta, indicando o 1º Dan, 2º Dan, e assim por diante, até o 10º Dan, que só é concedido ao 9º Dan quando o 10º Dan morre. Ou seja, o 10º Dan é o último e mais importante posto no Taekwondo.

Cada uma das cores da faixa possuem um significado, como mostraremos logo abaixo:


- Faixa branca (pureza): Aluno iniciante sem o prévio conhecimento;

- Faixa amarela (terra): Onde a planta brota e fixa sua raiz. A base do Taekwondo está firmada;

- Faixa verde (planta): Crescimento da planta. A técnica começa a se desenvolver no aluno;

- Faixa azul (céu): Para onde a planta se dirige que é seu objetivo. Amadurecimento da técnica do aluno;

- Faixa vermelha (sol): Alerta ao aluno sobre a necessidade de autocontrole, bem como seu oponente manter-se afastado;

- Faixa preta (dignidade): Maturidade e conhecimento do Taekwondo.

 

 

 

Nomenclatura e expressões do Taekwondo

Abaixo, mostraremos algumas expressões usadas no Taekwondo com os seus respectivos significados em português.


- Kuryong=comando

- Tchigui=bater

- Jumok=punho fechado

- Son=mão

- Som mok=pulso

- Jirugui=soco

- Maki=defesa

- Tchagui=chute

- Sogui=base

- Pal=braço

- Murup=joelho

- Bal=pé

- Olgul=rosto

- Yop=lado

- Bakat=fora

- Monton=tronco

- Insa=cumprimento

- Tchariôt, Kwanjan Nim Que Kiunhé=ao grão Mestre

- Tchariôt, Sabomnim Que Kiunhé=ao mestre

- Tchariôt, Kyosa Nim Que Kiunhé=ao instrutor

 

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
- LIVRO: História dos esportes / Orlando Duarte. – 4ª ed. – São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2004.
- LIVRO: Taekwondo – A arte coreana: do domínio à glória / Henrique Corrêa Lopes. Bauru, SP: Canal6, 2009.
- LIVRO: Almanaque dos Esportes / [coordenador Paulo Basso Jr.]. – São Paulo: Editora Europa, 2009.
- LIVRO: Fique por dentro – esportes olímpicos / Benedito Turco. – Rio de Janeiro: Casa da Palavra: COB, 2006.
- SITE: Confederação Brasileira de Taekwondo - http://www.cbtkd.com.br/
- SITE: Federação Internacional de Taekwondo - http://www.wtf.org/
- SITE: Associação coreana de Taekwondo - http://www.koreataekwondo.org/english/english.htm
- SITE: União Européia de Taekwondo - http://www.mudokwan.at/index.php?id=445
- SITE: USA Taekwondo - http://usa-taekwondo.us/

 

Blogs

Linha de Chegada
Silly Season e Alonso vai para a McLaren (dizem)



por Dyeison Martins

Pádel Show
WPT Barcelona



por Edson Moreira

ASSISTA

Banner
Banner

Newsletter




Copyright © 2014 Travinha Esportes. Todos os direitos reservados.