Banner
Banner
Banner
Banner
História do Futsal

A origem do futsal

A disputa entre brasileiros e uruguaios pelo título de inventor do futsal perdura até hoje. A versão mais conhecida é a de que o esporte começou a ser praticado logo após a Copa de 1930 por frequentadores da Associação Cristã de Moços (ACM) de Montevidéu, no Uruguai.

Nesta mesma versão da história, o criador do “indoor football” ou “futebol de salão”, nome originalmente dado ao atual futsal, teria sido o uruguaio e professor de educação física, Juan Carlos Ceriani Gravier (foto acima), autor das primeiras regras do esporte criadas e datadas no ano de 1933.

Estas primeiras regras foram feitas com base em quatro esportes: futebol de campo, basquete, handebol e pólo aquático. O futebol de campo foi a inspiração para surgir o esporte; o basquete, além da quadra, contribuiu com a regra das faltas pessoais,com a troca de jogadores e com o tempo de jogo; do handebol, o professor Ceriani copiou a proibição de marcar gols de qualquer distância; e do pólo aquático, quase todas as regras para o goleiro.

Já a segunda versão da origem do futsal diz que o jogo que era praticado na ACM de Montevidéu era desorganizado, pois as equipes tinham de cinco a sete jogadores em quadra. Os defensores desta versão, evidentemente brasileiros, dizem que havia um intercâmbio muito forte entre as sedes da ACM de Montevidéu e São Paulo e que é impossível afirmar se foi nas quadras brasileiras ou uruguaias que aconteceu a primeira partida.

Segundo o site da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), o futsal foi criado na década de 1940, em São Paulo, quando já naquela época era cada vez mais difícil a realização de jogos em campos de futebol e com isso começaram a praticar partidas em quadras de basquete.

 

 

 

O futsal no Brasil

Para não ficarmos com nenhuma pulga atrás da orelha, vamos definir que a origem do futsal é uruguaia, pois foi onde surgiu a primeira ideia de jogar em quadras fechadas e o país onde ele foi regulamentado e praticado como conhecemos hoje é o Brasil.

No ano de 1952, o professor Habib Mahfuz, que é considerado o pai do futsal no Brasil, criou a primeira Liga de Futebol de Salão dentro da ACM, em São Paulo, e junto teve a ideia de criar a Federação Paulista de Futebol de Salão, fato este que só ocorreu no ano de 1955. Um ano antes, no Rio de Janeiro, foi criada a Federação Metropolitana de Futebol de Salão, atual Federação de Futebol de Salão do Estado do Rio de Janeiro, que é a mais antiga do Brasil.

Em 1956, o paulista Luiz Gonzaga de Oliveira Fernandes, com a ajuda do professor Habib Mahfuz, publicou o primeiro livro (foto acima) de regras de Futebol de Salão editado do mundo.

No ano de 1958 o futsal cresceu tanto no país que a extinta Confederação Brasileira de Desportos (CBD) oficializou o esporte e padronizou os regulamentos. Neste mesmo ano, a entidade promoveu o primeiro Campeonato Brasileiro de Seleções, que teve o Rio de Janeiro como campeão.

No ano de 1968 foi realizada a primeira Taça Brasil de Futebol de Salão, organizada pela CBD, que reuniu equipes de todos os estados brasileiros. Esta competição existe até hoje.

Em 1971, com as assinaturas de mais de 32 países que já praticavam o esporte, foi criada em São Paulo a extinta Federação Internacional de Futebol de Salão (FIFUSA). Somente no ano de 1979 é que foi criada a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (foto acima), que reuniu as federações estaduais do país e é a entidade que cuida do esporte até hoje no nosso país.

 

 

 

O futsal no mundo

No ano de 1965, com a criação da Federação Uruguaia de Futebol de Salão, o esporte começou a crescer na América do Sul conquistando todo o continente. Não demorou muito tempo e o Futebol de Salão alcançou o continente europeu e dali para frente foi um pulo para que a maior entidade do futebol começasse a olhar com atenção para este esporte.

No ano de 1989, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) acabou mesclando seus conceitos com os do futebol de cinco, que já era reconhecido pela entidade, e adotou a nomenclatura futsal.

Já vinculado à Fifa, o futsal acabou ganhando torneios super organizados e com grande visibilidade mundial. Depois da realização de cinco Campeonatos Mundiais da modalidade, a Fifa conseguiu a disseminação do esporte em todos os continentes e hoje trabalha junto com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para conseguir o reconhecimento do futsal como esporte olímpico.

 

 

 

As principais competições do futsal

Atualmente o futsal conta diversas competições. Em nível nacional, as competições do Brasil, da Espanha e da Itália são as mais concorridas por terem os melhores jogadores do mundo.

No Brasil, as competições nacionais de maior expressão são a Liga Futsal e a Taça Brasil. No âmbito continental, os campeonatos mais cobiçados são o europeu e o sul-americano.

No âmbito mundial, o Campeonato Mundial de Seleções promovido pela Fifa é seguramente o evento de maior apelo e credibilidade. Existem ainda o Campeonato Sul-Americano e o Mundial Interclubes de Futsal.


Outras competições como o Mundial e o Grand Prix de Futsal que são organizados pela Associação Mundial de Futsal (AMF) também são competições importantes.

 

 

 

A seleção brasileira de futsal

A seleção brasileira masculina adulta de futsal, sem sombra de dúvidas, é a que tem mais títulos no mundo. Até o ano de 2010 foram 56 títulos internacionais. Dos nove campeonatos mundiais, que são disputados de quatro em quatro anos, a seleção brasileira tem seis títulos, dois vices e um terceiro lugar. Já no Sul-Americano, das doze edições realizadas, o Brasil é campeão de todas elas.

Já a seleção feminina adulta de futsal é bi-campeã sul-americana (2005 e 2007) e vem se destacando internacionalmente. Graças às competições como a Taça Brasil, o Campeonato Brasileiro de Seleções de Futsal e a Liga Futsal que é realizada desde 2005, o futsal feminino esta ganhando espaço no Brasil e aos poucos cresce o interesse de investidores na modalidade.

 

 

 

Os principais jogadores de futsal

Nomes como os de Fininho (foto acima), Vander Iacovino, Vander Carioca, Jorginho, Lenísio, Choco, Barata, Jackson, Serginho, Zego, Aécio, Tamba, Wlamir Preto, Niator, Pança, Seco, Sérgio Sapo e entre outros, marcaram no futsal brasileiro e mundial. Porém, dois nomes ainda não citados, certamente são os mais lembrados pelos brasileiros: Manoel Tobias e Falcão.

 

Manoel Tobias

Conhecido como o Rei do Futsal, Manoel Tobias da Cruz Júnior (foto acima) foi um mito do futsal mundial. Eleito por três vezes o melhor jogador do mundo (1990, 1996 e 2000) ele é apontado como o maior colecionador de títulos de todos os tempos no futsal e, para muitos, o melhor atleta da história desta modalidade.

Em 13 anos de seleção brasileira, Manoel Tobias marcou 278 gols e conquistou títulos como: mundiais (1992 e 1996); pan-americano (1991); sul-americano (1992 e 2000); Mundialito (1995 e 2001); Torneio Quatro Estações (1995); Copa Internacional do Rio (1997 e 2000); Jogos Sul-Americanos (2002); Torneio Milwaukee (2002), Copa Latina (2002) e Torneio Egito (2002).

Fora da seleção, Manoel Tobias defendeu clubes como o Vasco, Fluminense, Grêmio, Atlético Mineiro, Inter/Ulbra, Malwee/Jaraguá, Polaris World Cartagena (Espanha) e Ulbra SC onde encerrou sua carreira em 2007.

 

 

Falcão

Certamente o jogador Alessandro Rosa Vieira, o Falcão, é o grande nome depois de Manoel Tobias no futsal e talvez o mais habilidoso da história deste esporte. Foi escolhido pela Fifa como o melhor jogador do Mundo em 2004 e o melhor do campeonato mundial de 2008.

Pela seleção brasileira, Falcão já faturou 19 títulos. Destaque para as conquistas dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e do Mundial realizado em 2008.

Fora da seleção brasileira, Falcão já defendeu clubes como o Corinthians (1992 a 1996); GM Chevrolet (1997 e 1998); Atlético MG (1999); Rio de Janeiro (1999); São Paulo (2000); Banespa (2000 a 2002) e desde 2003 atua pelo Malwee/Jaraguá, de Santa Catarina.

 

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
- LIVRO: O que é Futsal – Silva Vieira, Armando Freitas; ilustrações Marcelo Bueno. – Rio de Janeiro: Casa da Palavra: COB, 2007.
- LIVRO: A História dos Esportes, Orlando Duarte, 4ª ed. Editora Senac, SP, 2004.
- LIVRO: Almanaque dos Esportes, Editora Europa, 2009.
- SITE: Confederação Brasileira de Futsal - www.cbfs.com.br
- SITE: Federação Gaúcha de Futsal - http://www.futsalrs.com.br
- SITE: Federação Paulista de Futsal - http://www.futsalpaulista.com.br
- SITE: Federação de Futsal do Rio de Janeiro - http://www.rjfutsal.com.br
- SITE: Associanción Uruguaya de Fútbol - http://www.auf.org.uy/futsal.aspx

 

Blogs

Linha de Chegada
Foi a vez de Rosberg vencer em sua outra casa



por Dyeison Martins

Pádel Show
WPT Barcelona



por Edson Moreira

ASSISTA

Banner
Banner

Newsletter




Copyright © 2014 Travinha Esportes. Todos os direitos reservados.